Reserve diretamente e tenha vantagens!

Fernando Marques de Oliveira

@GHP

Hoje falamos de Fernando Marques de Oliveira. Para muitos, um nome que dispensa apresentações no panorama artístico do Porto. Para nós, o artista plástico que devolveu o brilho aos quartos e zonas públicas do Grande Hotel do Porto.

Nascido no Porto, em 1947 e oriundo de uma família que lhe permitiu, desde cedo, o contato com a cultura e as artes, soube desde muito novo que seria um artista.

Estudou na ESBAP (a antecessora da faculdade de belas artes do Porto) e na academia de Watermael Boitsfort (academy of fine arts) em Bruxelas.

Começou a expor os seus trabalhos desde muito jovem e trabalhou em várias áreas de atividade ligadas às artes: pintura, desenho, arquitetura de interiores, produção plástica em trabalhos cenográficos para teatro. Fundou e dirigiu uma das mais conhecidas galerias de arte contemporânea do Porto nos anos 80, razão pela qual o seu nome aparecerá sempre ligado à renovação do panorama artístico desta década.

Capaz como ninguém de conjugar cores, acessórios, mobiliário, Fernando Marques de Oliveira consegue ler a alma dos espaços e recriá-los de forma surpreendentemente cénica.

Olhando para o abstracionismo geométrico dos seus trabalhos não fazemos a ligação imediata à decoração clássica e muito inspirada na estética Francesa que o Fernando Marques de Oliveira imprimiu na decoração do Grande Hotel do Porto mas isso será o resultado de uma personalidade de facetas muito variadas, sem medo de experimentar novos caminhos tanto na pintura como no design mas todos eles ligados à cor e à estética.

Tem sido para nós um privilégio conviver de perto com o seu talento e vê-lo refletido nos recantos do hotel.Para além de apreciar o trabalho do artista nos nossos espaços, pode também encontrar muitos dos seus trabalhos em várias coleções públicas e privadas, no site da Galeria Pedro Oliveira e nas suas redes sociais Instagram e Facebook.

ver mais